"Passar das palavras aos atos é tudo uma questão de atitude!"

A CURA DE UMA MULHER PARALITICA

Lc 13:10-13

1 A cura acontece num dia de sábado na sinagoga e em um culto de ensinamento.


2 A mulher participava desse culto que muitos crentes não gostam de se fazer presente.


3 Possessa por um espírito de enfermidade há dezoito anos. < presa por satanás, que a colocou atrás das grades da enfermidade e a chave dessa prisão de posse dele > com a chave de posse das mãos de satanás, aquela mulher estava impossibilitada de endireitar-se.


4 Andava curvada < satanás a humilhava > curvada, diante da enfermidade que a mantinha cativa. Andava olhando para baixo, tentava se erguer, porém, a força satânica era maior do que a dela.


5 O problema daquela mulher era de ordem espiritual. Ela jamais conseguiria se libertar. Mas ela foi ao lugar certo para alcançar o seu objetivo de ser curada e libertada.


6 Jesus a vê < não que Ele não nos vê > isto significa que naquele dia era o dia da libertação, era o tempo de Deus. Jesus contempla a mulher por dentro e vê a alma dela presa pela enfermidade.


7 Jesus a chamou e disse-lhe: Estás livre da tua doença. Instantaneamente aquela mulher foi liberta. Veja Jesus não exigiu nenhuma fé daquela mulher. Será porque? Na minha congectura aquela mulher ha 18 anos ia na sinagoga e voltava para sua casa sem nada receber e quem sabe sem ver alguem ser liberto e curado lá. Se isso acontecia ela tinha motivo para não ter fé de ser curada. Mas Jesus é conhecedor de tudo.


8 Jesus impos as mãos sobre ela e logo se endireitou. Aquela mulher permitiu a aproximação de Jesus. Com certeza ela sentiu firmeza nas palavras do mestre. Aquele culto foi um culto diferente porque foi marcado com a presença de Jesus, o pregador da verdade.

Palavra & Restauração

Nenhum comentário: