"Passar das palavras aos atos é tudo uma questão de atitude!"

Palavra de Deus e da vida cristã. Este provérbio está ensinando sobre o perigo e as dificuldades que esperam o que fala do evangelho. Que ninguém se engane: somos ovelhas entre lobos! Desproteção e inofensividade são marcas das ovelhas.

Jesus citou este provérbio quando estava enviando setenta missionários que iriam pregar antecipadamente a mensagem naquelas cidades que Ele pretendia visitar (Lc 10.1-2). Deu-lhes também instruções detalhadas sobre como iriam ser sustentados pelos ouvintes. Mostrou-lhes o que fazer no caso de rejeição da mensagem (lc 10.4-12). É neste contexto que Jesus encaixou este provérbio.


O Sentido do ditado é óbvio: os cordeiros são criaturas inofensivas enviadas para um ambiente extremamente agressivo.
Cordeiros são filhotes das ovelhas, talvez com menos de um ano de idade. Uma ovelha adulta já não pode enfrentar lobos, quanto menos um cordeiro.
Os obreiros precisam saber a sua delicada condição no campo missionário “Eis que eu vos envio como cordeiros para o meio dos lobos”. O entendimento disto antecipa as dificuldades que eles devem esperar.
Os cordeiros têm de confiar em Deus.

Nenhum comentário: